Brincadeira do Tucunaré

Enviada por Juliani Martins Turatti | 16 pessoas gostaram

Brincar com o(a) amigo(a) ou Brincar com a turma
Brincar ao ar livre

O surgimento de uma brincadeira está relacionado ao contexto em que as pessoas vivem Muitas vezes ao observarem a natureza os povos indígenas inventam várias brincadeiras. Os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer a “Brincadeira do Tucunaré” da comunidade indígena Panará – PA, que nasceu da observação do vai e vem dos peixes.

Para esta brincadeira você vai precisar de:

  • 4 crianças para serem os tucunarés
  • 6 ou mais crianças para serem os peixinhos
  • cones pequenos para marcar as “portas” do rio ou fazer a marcação com outro material disponível

Como brincar

1o
Desenhar um quadrado maior e um menor dentro desse quadrado grande, esse espaço será o da brincadeira separando o “raso” e o “fundo” do rio. Neste quadrado maior marcar seis “portas” com os cones, onde os peixinhos poderão fugir dos tucunarés.
2o
Dentro do quadrado menor ficarão quatro crianças, ou seja, quatro tucunarés, que ficarão responsáveis por capturar os peixinhos que estão no raso e colocarem no fundo do rio (quadrado de dentro). Mas os tucunarés não poderão sair do rio, ou seja, não poderão sair pelas portas por ficar raso demais.
3o
Cada peixinho capturado entra para o fundo e lá fica até que todos tenham sido pegos.
4o
A brincadeira acaba quando todos os peixinhos forem capturados e colocados no fundo do rio pelos tucunarés.
Brincar possibilita a transmissão de tradições e da cultura para as novas gerações!

2 comentários em “Brincadeira do Tucunaré”

Clique aqui e faça o login para comentar.